Se a goleada da Alemanha assusta, pense no Brasil para 2018

Oscar pode ser um dos poucos a chegar até a Copa de 2018, na Rússia

Oscar pode ser um dos poucos a chegar até a Copa de 2018, na Rússia

Foto: Getty Images (Fifa)

Luiz Felipe Scolari disse em sua coletiva de imprensa que até 15 jogadores devem estar na próxima Copa do Mundo, em 2018. Fui olhar as idades dos 23 da Seleção Brasileira e cheguei à conclusão que o treinador não tem razão. No mínimo, meia dúzia chegará à Rússia. E, mais grave que isso, os 7 a 1 da Alemanha nos mostra que temos muito o que aprender com o futebol europeu praticado atualmente.

– Os atuais convocados
Provalemente, nenhum dos goleiros será aproveitado pelo novo treinador. Julio Cesar (38), Jefferson (35) e Victor (35) estarão com idades avançadas. Dos laterais, talvez apenas Marcelo (30) tenha mais uma oportunidade. Daniel Alves (35), Maxwell (37) e Maicon (37) chegarão ultrapassados. O mesmo acontecerá com os zagueiros – Thiago Silva (34), Dante (35) e Henrique (32). David Luiz (31), quem sabe, pode ser o único a se salvar. Nos volantes, a limpeza deve ser geral: Fernandinho (33), Paulinho (30), Ramires (31), Luiz Gustavo (31) e Hernanes (33). Na faixa de criação do meio-campo, o tempo pode servir como amadurecimento para Oscar (27) e Willian (30). Já no ataque, Neymar (26) pode chegar em seu auge. Bernard (26), dependerá do seu futebol. Os demais – Hulk (32), Fred (35) e Jô (30) – darão adeus à Seleção Brasileira a partir de sábado.

– A renovação
GOLEIROS: Neto (atualmente na Fiorentina, e que estará com 28 anos) e Rafael Cabral (Napoli-28) podem brigar pela titularidade. Existe a possibilidade também de que o novo treinador traga um goleiro da sua confiança. Por exemplo, no caso de Tite assumir, Cássio (Corinthians-31) pode assumir a camisa 1.
LATERAIS-DIREITOS: Rafael da Silva (Manchester United-27) e Danilo (Porto-26), que estiveram nas Olimpíadas com Mano Menezes, podem ser relembrados.
LATERAIS-ESQUERDOS: Dodô (Internazionale-26), Douglas Santos (Udinese-24) e Wendell (Bayer Leverkusen-24) poderão trazer uma renovação completa ou um suplente a
Marcelo.
ZAGUEIROS: Marquinhos (PSG-24) e Juan Jesus (Internazionale-27) podem chegar como suplentes ou fazendo companhia a um defensor mais experiente.
VOLANTES: Sandro (Tottenham-29) e Fernando (Shakhtar-26) podem ser o ponto de mais experiência do meio-campo.
MEIAS: Roberto Firmino (Hoffenheim-26), Philippe Coutinho (Liverpool-26) e Lucas (PSG-25) podem ser reservas de Oscar e até companheiros.
ATACANTES: Salvo qualquer surgimento de última hora, continuaremos sem a figura do centroavante. Quem poderá fazer sombra ou banco para Neymar? Gabriel ‘Gabigol’ (Santos-21), Luan (Grêmio-25) e Lucas Piazón (Chelsea-24) podem ser opções, quem sabe.

– Um time

Dentro de todas essas possibilidades, é claro que não se pode esquecer o fato de que jogadores vão surgir aos borbotões nesses próximos quatro anos. Ou seja, o cenário pode mudar. Mesmo assim, forme uma Seleção Brasileira para daqui a 4 anos! É difícil ser otimista. A goleada de 7 a 1 dos alemães pode nos mostrar que o buraco é mais embaixo do que imaginávamos.

7 Comentários

  1. Avatar Ramon 9 de julho de 2014 Reply
  2. Avatar Ramon 9 de julho de 2014 Reply
  3. Avatar Harlei Cursino Vieira 9 de julho de 2014 Reply
  4. Avatar Rafael 10 de julho de 2014 Reply
  5. Avatar Rodrigo 11 de julho de 2014 Reply
  6. Avatar João 14 de julho de 2014 Reply
  7. Avatar Harlei Cursino Vieira 16 de julho de 2014 Reply

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *