Líder nos scouts, Ramiro se torna um dos principais expoentes do Grêmio em 2017

gremioAo passo que desembarcaram jogadores importantes para reforçar o elenco gremista em 2017 (Barrios, Gata Fernández e possivelmente Musto), Ramiro poderia temer uma perda da titularidade. Contudo, os números desta abertura de temporada podem fazer o técnico Renato Portaluppi pensar duas vezes antes de tirá-lo de campo. Contrastando com os números nada mais do que razoáveis de 2016, o volante/meia se transformou em um dos atletas mais importantes da mecânica tricolor – senão o mais importante, rivalizando com Miller Bolaños. Uma das explicações para isso é que, com a ausência de seu miolo de meio-campo (Walace vendido, Douglas e Maicon lesionados), o Grêmio se viu obrigado a modificar o modelo de jogo. Ao invés de procurar a trama por dentro, com meias e atacantes triangulando e infiltrando, a equipe gremista passou a buscar os lados do campo para atacar – tendo o avanço dos laterais. Como Bolaños pisa muito mais na área do que seu antecessor Douglas, abre-se um espaço à frente da área que precisa ser preenchido. Ou então, quando Léo Moura avança e afunila em direção a área, o camisa 17 se movimenta ainda mais. Ou seja, quando Ramiro não é o “camisa 10”, aparece na área como elemento surpresa. A seguir, acompanhe os “scouts“, conforme números apresentados pelo Footstats.

alupa

Com os avanços de Léo Moura e Bolaños, Ramiro aparece mais centralizado ou até mesmo dentro da área neste início de 2017

LÍDER NA TROCA DE PASSES
A bola, inevitavelmente, passa por Ramiro. Prova disso é que ele quem mais trocou passes até agora (485 vezes no ano). Até agora, lidera também o ranking de passes certos (434 contra 391 de Marcelo Oliveira, que é o 2º); e passes errados (51 contra 37, de Luan).

LÍDER EM CRUZAMENTOS
Apesar de não jogar como lateral, Ramiro é o atleta que mais cruzou bolas à área adversária – 31 vezes. Foi quem mais acertou o alvo (8 contra 6, de Bolaños); mas também quem mais errou empatado com Léo Moura (23 contra 22, de Luan).

LÍDER EM ASSISTÊNCIAS PARA FINALIZAÇÕES
Apesar de não ter dado nenhum passe para gol (o que não é culpa dele), Ramiro lidera em número de assistências para finalizações. São 17 “pifadas”, contra 16 de Miller.

TERCEIRO EM FINALIZAÇÕES
Os atacantes ainda são os atletas que mais finalizaram a gol nesta temporada (Bolaños e Luan empatados com 20 finalizações, sendo que o equatoriano acertou mais em gol). Mas Ramiro aparece imediatamente atrás de ambos, com 13 arremates (sendo 6 finalizações certas e 7 erradas).

VICE-ARTILHEIRO
Mesmo não sendo o líder em número de finalizações, Ramiro pode se considerar com um aproveitamento melhor que o de Bolaños. Enquanto o equatoriano marcou 4 gols até aqui, Ramiro fez 3 (contra Passo Fundo, Cruzeiro e Brasil de Pelotas) – ainda sofrendo um pênalti na estreia da Libertadores contra o Zamora, que foi convertido por Luan.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *